lagash: a comida mais cara da vida

na terça-feira passada, sai da minha aula lá na unb e fui pra reunião do kk, que seria na pastelaria viçosa que rola ali na 304 norte. era lá a reunião porque ellen olléria cantava lá no aniversário de 40 anos da pastelaria. éramos “convidadas” da cantora, já que a tate mora com ela. tava rolando um esquema vip, onde tudo era de graça, pasteizinhos, caldo de cana, água, vinho e chope. reza a lenda que o pastel da viçosa é feito com banha de porco. nunca averiguei, mas não me arrisco. além disso, mesmo que fosse liberado na área vip só tinha pastel de carnes variadas. como não bebo fiquei só na água. muito chato ser vip num esquema desses. fizemos a reunião, vimos o xou da ellen e eu fui-me embora que tava morrendo de fome/sono.

daí eu e hery resolvemos comer em algum lugar que não conhecessemos. lembrei do tal árabe da 308 que o poney tinha mencionado no nosso querido fórum. daí fui lá. o nome do restaurante é lagash. e é meio difícil achar, o letreiro não é chamativo, ele é bem discreto, muito branco… acho que é porque é chique. isso já deveria ser aviso o suficiente pra gente não entrar. mas entramos. as pessoas nos olharam meio estranho. tinham duas mesas ocupadas e só com gente com pinta de grã-fina. sentamos olhamos o cardápio. eu sou zé oreia e não me toquei dos preços (uma droga, porque eu nem posso falar sobre o preço de cada prato individualmente). pedimos: um arroz com lentilha, um cuzcuz com vegetais, 4 quibes de batata, um suco e uma coca.

veio além disso uma coisa de “entradinhas” pastinhas diversas: babaganouche, hommus, uma pastinha de leite (acho que é de cabra, mas que ficou intacta, né gente!), e umas abobrinhas fritas pra comer com pão sirio. o hommus é espetacular, coisa de doido mesmo. e olha que eu sou chatíssima com hommus. o babaganouche tava gostoso também (não tava muito amargo), mas a abobrinha é que foi o sucesso.

depois a comida chegou. o prato de cuzcuz era bem grande. tinha o cuzcuz, cenoura, abobrinha, cebola, etc. num molho meio doce. o arroz com lentilha tava muito bom. e o quibe de batata é gostoso demais. é tipo no formato de um hamburguer, muito gostoso. é frito mesmo e bem molhadinho. delícia.

terminamos de comer e deu mesmo pra “fazer”. e olha que a gente come muito mesmo. quem conhece sabe da ogrice do hery, que eu tento acompanhar hehehehe. um pouco antes de pedirmos a conta o casal que estava na nossa frente pediu. veio a conta e o cara pagou com duas notas de cem! foi nessa hora que pensei comigo: “é, acho que estamos no lugar errado! me lasquei!” . pedimos a conta, ela veio:
cento e três reais!

affffffffeeeeeeeeeeeeeeeee; nunca tinha pagado isso numa refeição na vida. gente, 103 conto???? putz. a comida tava boa, mas 103????? mas é como diz o ditado: gordinha só se lasca.  paguei e fomos embora. sorte que eu tinha acabado de receber minha bolsa… hehehehehe

Serviço:
Lagash, 308 norte

5 responses to this post.

  1. Posted by andrei on junho 15, 2009 at 16:33

    se veio bastante comida e ela estava boa como vc disse, eu nem acho tão ruim de pagar. quer dizer, não é um preço bacana, mas pra ir uma ou duas vezes por ano, tá tranquilo. isso se realmente for boa e em um local agradável.

    uma vez eu fui em um restaurante indiano aqui e o preço foi tipo esse aí, cento e poucos para duas pessoas. só que o rango não valia, era pouco e simples, um arrozinho com curry, uns legumezinhos cozidos, nada demais.

    já o famoso “verdejante” em niteróis, cobra R$ 65,00/kg, um absurdo. porém eu não me sinto nem um pouco lesado, pq além de ser um esquema muito fera, na casa de dois gringos, a comida é deliciosa e o local é sensacional, no meio da florestinha, com redinhas e tudo mais.

    o ideal é ter um lugar para comer uns kibes baratos sempre, e, em alguma ocasião especial, ir ao tal do lagash.

    Responder

  2. Posted by alixe666 on junho 15, 2009 at 16:51

    também acho que possa veler a pena.
    e ainda acho mais: que vale a pena conhecer mesmo que seja pra dizer depois que não valeu pagar os 103 contos. não me arrependi não. comi pra caramba, estufei a pança, tava gostoso… não achei ruim pagar não. só fiquei assustadíssima. hehehehehehehehee

    Responder

  3. Posted by poney on junho 15, 2009 at 19:25

    alice, você acha que seria legal a gente fazer umas notas pra vir ao final sobre comida e preço? o que acha?

    Responder

  4. Posted by alixe666 on junho 15, 2009 at 19:30

    eita.
    achei fera. podia ser rango, preço, atendimento.
    =)
    da próxima vez vou sair munida de camera fotográfica.

    Responder

  5. Posted by leandro on junho 16, 2009 at 18:06

    poxa é caro
    mas pela descrição da comida..fiquei na pilha de ir lá!
    haaha

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: