Dicas veganas que não são comida

Nem só guloseimas sem lactose sobrevive o nosso veganismo freestyle, né?

Não sei se só sou eu, mas também gosto de alimentar os olhos e os ouvidos com conteúdo vegan saboroso. Então, pra atualizar rapidamente o Distrito, vão duas dicas de leituras e uma de filme:

– ANIMALS AND FOUCAULT RESOURCES
Uma interessante compilação de livros e artigos que realizam escambos entre os pensamentos do filósofo francês e a questão animal. Temas com sociedade disciplinar e biopolítica podem ser muito interessantes para pensar matadouros e fazendas de leite. Acesse.

 

COMER ANIMAIS
Livro do jornalista Jonathan Safran Foer (dizem que o Extremamente Alto & Incrivelmente Perto é muito bacana também) sobre a poderosa indústria especializada em carne animal que, só nos Estados Unidos, abate mais de dez bilhões de espécimes por ano. Foi lançado em português essa semana. Leia a reportagem que saiu sobre o livro.

 

PROJECT NIM
Novo documentário do cineasta James Marsh (responsável pelo sensacional Man on Wire) sobre o chimpanzé Nim Chimpsky (obviamente uma referência ao linguista anarco-sindicalista e amor-de-pessoa Noam Chomsky) que foi criado nos anos 70 como um humano para provar que a linguagem não era um fenômeno exclusivo dos humanos.  Quem é que precisa de critérios humanos, eu perguntaria, mas vale a pena a discussão, é claro.  Confira a reportagem sobre o filme.


Domingo temos o primeiro evento de degustação competitiva do Distrito Vegetal. Mais detalhes em breve!

5 responses to this post.

  1. Posted by andrei on fevereiro 16, 2011 at 19:53

    e o “a vida dos animais”?

    Responder

  2. Posted by poney on fevereiro 16, 2011 at 19:59

    ah, pra quem foi enganadx com o título do post, depois a gente pode fazer um com dicas sobre sabonetes, tênis e perfumes (alguém aqui usa isso? hehe)

    Responder

  3. Posted by Marina Corbucci on março 20, 2011 at 14:12

    asuasuhasuhhaushuauhahus
    Gostei!
    Perfume é uma coisa que não chega nem perto de mim!!!!

    Responder

  4. […] de textos para alimentar nossos olhos e ouvidos famintos de conteúdo vegan. (Aqui você acessa o primeiro post de dicas veganas que não são […]

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: