Archive for fevereiro \29\UTC 2012

Guia Vegano de Bolso!

O Distrito Vegetal preparou uma versãozinha de bolso do Grande Guia Vegano 2012 pra você colocar na carteira e ter sempre em mãos. Uma boa opção pra pessoas esquecidas, que nem eu, e pra quem não tem aqueles celulares chiques, que nem eu também. Você pode acessar o guia no link abaixo e imprimir clandestinamente no trabalho. Depois é só dobrar e levar o Distrito Vegetal por aí.

guia de bolso – distrito vegetal 2012
guia de bolso – distrito vegetal 2012
guia de bolso – distrito vegetal 2012 

Agradecimentos especiais à Jully, companheira de vida, pela montagem do guiazinho, ficou bacana demais. Obrigado.

VITÓRIA 2 – Mamutes Grill agora tem hamburger vegan!

Em pleno sábado a tarde, recebi uma ligação de um número desconhecido perguntando pelo meu nome de verdade, coisa que ninguém me chama mais. Mal sabia eu, que quem ligava era a gerente de produção da lanchonete Mamutes pra avisar que havia recebido minhas mensagens e tinha procedido com as mudanças no cardápio que havia sugerido. Fiquei muito surpreso.

Então, só pra deixar bem claro: A lanchonete Mamutes (na 310 Norte, 203 Sul e Jardim Botânico) agora conta com hamburger vegano para você fazer um sanduba ou montar uma daquelas refeições estilo Giraffas que você sentia tanta saudade desde que resolveu começar com essa história de parar de comer carne.

Ela me explicou que por um período de teste de dois meses ficarão disponíveies dois hamburgers de soja, um vegano e o outro antigo com ovo, e que a partir de junho haverá uma reformulação geral no cardápio e haverá pelo menos três opções para atender paladares veganos. Eu fiquei de ir lá almoçar essa semana e conversar melhor sobre as novidades pra informar aqui, mas não poderia não perder um pedaço de domingo pra escrever aqui essa bela novidade.

A exemplo do Sky’s, o Mamutes é a segunda rede de lanchonetes que muda o cardápio a partir de sugestões nossas. Eu já escrevi sobre esse tipo de mobilização antes em “encher o saco: a melhor estratégia da ação direta vegana” e fico feliz demais que esse tipo de articulação esteja dando resultados.

O Distrito Vegetal nasceu pra isso. Essa é mais uma prova concreta que nossa rede de mobilização e solidariedade vegana pode produzir mudanças concretas no mundo. Espero que a gente possa produzir ainda mais. O céu vegano é o limite.

Pra terminar, só lembrar que tem muitos casos contrários à esse exemplo positivo do Mamutes. O mais notório, pra mim, foi o do Marvin que, apesar da campanha que lançamos no blog, nos ignorou solenemente. Como se veganismo fosse uma besteira adolescente. Bem, nesses casos eu sugiro que você e suas amigas mandem essa lanchonete se lascar e nunca levem sua mãe lá.

Abaixo, segue a transcrição do textinho que eu mandei pro Mamutes. Sugiro que todo mundo que gostou da novidade, entre na página deles e escreva agradecendo e/ou parabenizando pela alteração no cardápio que agora inclui pessoas com dietas vegetarianas mais estritas. O site é: http://www.mamutesgrill.com.br/2012/index.php/contato. Aproveito para publicizar o agradecimento pelo retorno e atenção do pessoal do Mamutes, vocês tão de parabéns, caras.

Prezadxs,

Gostaria de sugerir uma pequena alteração no cardápio de vocês que poderia incluir ainda mais clientes para o Mamutes.

 Trata-se de uma alteração na marca do hamburger de Soja – da Sadia para a Perdigão – para atender pessoas que não consomem carne e tampouco derivados de leite ou ovos, os vegetarianos estritos, ou veganos.

 Eu inclusive possuo um guia de estabelecimentos com opções veganas (https://distritovegetal.wordpress.com/o-grande-guia-vegano-brasilia-2012/) em que várias pessoas sugeriram o mamutes por não saber que havia derivados de animais no hamburger de vocês.

 Infelizmente, sem essa mudança as pessoas que adotam essa dieta vegetariana ainda ficam impossibilitadas de consumir no seu estabelecimento.

 Temos exemplos positivos de lanchonetes que mudaram o cardápio a partir de sugestões nossas (como o Sky’s) e tiveram bastante êxito.

 Aguardo retorno. Abraços,

Pedro.

 

Rapidinhas Vegetais 2012

Surfing Alpaca GIF - Surfing Alpaca

Antes que o mundo acabe, vamos para uma rápida atualização pré-carnavalesca deste Distrito.  Em breve, teremos uma “versão de bolso-para-impressão” do nosso Guia Vegano 2012 (um surpreendente sucesso de público e de crítica) e um pequeno guia de viagem para comer bem veganamente nas praias do Ceará. Foi meu prazeroso dever de férias.

Antes, duas rapidinhas:

1) Novo blog sobre veganismo no Cerrado

Um novo blog sobre veganismo e libertação animal para nossa rede de contrabando de ideias e receitas. Expandindo a conexão pequi, o Click Vegan começou por esses dias e é manufaturado aqui do ladinho, de Goiânia para o mundo. A mente maligna por trás dessa iniciativa é o Urbano, que sempre salva a gente nos shows barulhentos da capital goiana com sua deliciosa pizza de tofu. Espero que em breve ele mande pra gente um guiazinho da cidade, vegano e pequi-free (hehe).

Acesse:
http://clickvegan.blogspot.com/
http://clickvegan.blogspot.com/
http://clickvegan.blogspot.com/

2) Chomsky sobre vegetarianismo

Na área de dicas não-alimentares, eu me deparei com esse pequeno trecho de entrevista com o nosso querido Noam Chomsky falando sobre vegetarianismo. Sempre com uma serenidade invejável, o anarco-sindicalista e linguista que todo mundo gostaria de ter como avô fala sobre como ao longo dos séculos há uma tendência de ampliar o que se entende como agentes morais da sociedade. Talvez assim, Chomsky diz, nós estamos caminhando lentamente para um futuro mais vegetariano.  Mesmo se você não compartilhar desse otimismo, vale a leitura, é curta:

http://platosbeard.org/archives/416

E se você preferir ouvir com a voz robótica do google (o HAL dos nossos tempos), alguém transcreveu pra um vídeo, transformando o belo crânio do Chomsky num melãozão servido. Tá aí.