O melhor do cerrado não fica no nosso distrito

Tivemos tantas coisas novas e diferentes nos últimos tempos aqui no blog que eu pensei que era hora de voltar a fazer um post simples, daqueles que começaram o Distrito Vegetal há quase três anos. Então, sem grandes reflexões ontológicas, sem artigos de zoologia em inglês, sem canções de punk rock, vamos à uma simples resenha do melhor restaurante vegan do cerrado, que para o nosso azar, não se encontra no distrito.

Loving Hut – O melhor do cerrado não fica no nosso distrito

Existem situações em que é mandatório admitir nossa coadjuvância. Se o veganismo é realmente essa prática de desapego, de nos deslocar do centro do mundo, por que não aproveitar o exercício de apequenamento pra dizer por aí que não somos lá essas coisas? Eu digo. Apesar de contarmos com mais de 100 estabelecimentos com opções veganas (basta clicar no guia aqui do lado pra conferir) , é na nossa vizinha, Goiânia, que fica o melhor restaurante vegan do cerrado.  E ele atende pelo nome de Loving Hut.

O loving hut é uma cadeia de restaurantes veganos que existe ao redor do planeta.  Em São Francisco, nossa Meca vegana, tem LH até dentro de shopping. Em terras tupiniquins, São Paulo e Goiânia contam  com a abençoada presença do estabelecimento.Só que pelo que entendi, existe liberdade suficiente para customizar o cardápio de acordo com o local. Tanto é que os restaurantes de São Paulo e GYN são aparentemente bastante diferentes.

No da terra da garoa eu nunca comi, agora o da terra do pequi… Bem, basta dizer que conheço algumas pessoas dispostas a não dormir no fim de semana apenas para acordar cedo em pleno domingo, encarar 200km de pavimento cruzando o planalto, apenas para almoçar o pratinho de glúten acebolado do restaurante.

O cardápio muda diariamente e tem inspirações orientais e brasileiras. Nos dias da semana elxs preparam uma coisa muito bacana que é o “brasileirinho”, um prato mais simples com arroz, feijão salada e proteína vegetal, com inspiração no saudoso PF que você tanto amava-mas-não-valorizava até parar de comer carne. Nos fins de semana rolam uma feijoada bruta, daquelas pra cultivar procrastinação por toda tarde e uma moqueca absurda, que faz aquele calor goiano parecer beira de praia.

Além disso tem pratos com curry e agridoce, numa pegada sino-indiana-goiana, um sincretismo delicioso. Você ainda pode pedir porções a parte de glúten (o melhor que já comi na vida, sem sacanagem) e outras besteirinhas. O preço também é ótimo, ainda mais comparado ao padrão de vida inflacionado do nosso distrito. Você come muito bem é é capaz de pagar metade do que pagar metade do que gastaria em um restaurante “natural” aqui em Brasa. É mole ou quer mais?

Bem, se você quiser mais, tem sobremesa vegana com “leite condensado”, atendimento sensacional (mas isso parece ser uma constante em na capital goiana) tem refrigerante! Para nossa alegria. Para os amantes da comida goiana eu não sei dizer se o pessoal já está preparando alguma coisa com pequi. Mas veja bem, a partir do momento que um alimento fede daquele jeito, é duro daquele jeito e se você morder tem espinho, acho que podemos entender como um aviso da natureza de que aquilo não deveria ser comestível. (hehe)

No fim das contas, fica a dica: invente algum compromisso em Goiânia nos próximos dias e aproveite para visitar e conhecer o melhor restaurante vegan do cerrado. Goiânia venceu, mas  ainda bem que isso nunca foi (nem nunca será) uma competição, sempre todo mundo ganha.

=)

Loving Hut – Goiânia
Rua C-238 quase esq. com 233. Qd. 544 Lt. 11. Jd. América.Goiânia, GO. 
Tel.: 62-30879884. http://goiania.lovinghut.com.br/ 

6 responses to this post.

  1. quando formos quermos irmos🙂

    Responder

  2. Posted by Luara Leão Serrano on junho 5, 2012 at 0:56

    Nossa… essa descrição dos pratos…. GSUIS, fiquei na vontade :~~~

    Responder

  3. Posted by Mônica on junho 6, 2012 at 2:38

    Falta um em Fortaleza também.

    Responder

  4. Não acredito que você não gosta de pequi! vc parecia tão legal…
    na boa, Tem um tempo que eu estou quase inventando desculpa pra ir do Rio pro centro-oeste pelo x♥pequi♥x.

    Responder

  5. Nossa! Eu fui na rede deles em Madrid. Caramba! Melhores pratos que já comi! Tantas opções, bolos, sobremesas. Era um paraíso vegano! Espero que o daqui seja tão bom quanto (ou melhor)!

    Responder

  6. Uma das piores comidas veganas que já comi foi no Loving Hut de Sampa. Da salada à sobremesa, só decepção. Ruim, ruim, ruim! E não foi só o meu prato, o do Pedro também estava horroroso. Decepcionante.

    Agora o de Goiânia… Nossa! Comi que me acabei. Muito mais gostoso, muito mais barato, muito mais tudo! Supimpa demais!

    E um colega meu de Goiânia falou que tem mais dois PF’s (do mesmo dono) que vendem pratos veganos lá em Goiânia que também são profissas. E custa coisa de R$ 6,00 a meia porção (só que é meia porção de goiano. Aí já viu tudo, né? Deve alimentar a família inteira!).

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: