Esclarecimentos da Perdigão sobre a linha de produtos vegetais

Caríssimas vegetais,

no último post revelei minha profunda preocupação com a possibilidade de estarmos ensaiando um retorno a Idade das Trevas veganas com o fim das opções vegetais nas nossas lanchonetes de junk food favoritas desencadeado pelo aparente fim da linha vegetal da Perdigão.  Não soube dizer se esse processo estava acompanhado por um revival dos anos 90 e uma retomada do extrato de soja Mãe Terra. Talvez.

Bem, eu escrevi pro SAC deles e recebi a seguinte resposta:

Olá Pedro,

 Agradecemos seu contato com a Perdigão.

Quanto ao seu questionamento, informamos que em 2009 houve uma fusão administrativa entre Sadia e Perdigão (detentora da marca Escolha Saudável), que resultou na empresa BRF- Brasil Foods S.A, uma das maiores empresas de alimentos do mundo.

A Legislação brasileira exige que um órgão de defesa da concorrência (CADE – Conselho Administrativo de Defesa Econômica) avalie todas as grandes fusões para preservar a competição entre as empresas e proteger o consumidor de possíveis abusos.

Dentre as exigências para a aprovação desta fusão, foi determinada a venda de algumas marcas do portifólio da Perdigão, dentre elas, a Escolha Saudável (que contemplava o Hamburger e a Salsicha vegetal) que a partir de 01 de Agosto de 2012 não está mais sendo comercializada pela empresa. No entanto, o Hamburguer Vegetal continuará sendo produzido pela Perdigão mas com nova embalagem, como Hamburguer Soja Perdigão.

Para mais informações sobre a fusão e sobre os produtos que foram suspensos e os que permaneceram, sugerimos acessar o site www.perdigaoevoce.com.br

Agradecemos o contato e pedimos desculpas pelo inconveniente, renovando nosso compromisso de levar a todos os nossos consumidores produtos da mais alta qualidade.

Colocamo-nos à disposição.

Centro de Serviços ao Consumidor Perdigão
0800 701 7782

(Um parenteses importante nessa hora. Acho que todo mundo aqui sabe que a perdigão é uma empresa tosqueira que financia e lucra com a morte de milhões. Não se trata aqui, portanto, de valorizar uma empresa dessa jogando as contradições pra debaixo do tapete ou mesmo de tornar a nossa ética dependente desse tipo de corporação. Vejo mais como uma espécie de aliança estratégica, que assume suas contradições e que permite uma facilidade e conveniência maior pra quem é simpática ao veganismo. Fecha parenteses.)

Resta saber se esse novo hamburger e salsicha serão veganos (o da Sadia não é), e ver quando começarão a circular. Assim que obtiver mais notícias posto por aqui. =)

16 responses to this post.

  1. Posted by Nicolas on agosto 21, 2012 at 19:08

    Muito provavel que nao seja vegano, ja que a sadia quem vai comandar isso. A lasanha sadia 4 quejos tem bacon na receita, o hamburger sadia contem ovo… só resta esperar.

    Responder

  2. Posted by Marcus V. on setembro 14, 2012 at 23:44

    Que porra é essa? O CADE, que serve pra impedir que o consumidor seja lesado, impede uma marca de vender produtos que vendia antes pra que uma fusão seja feita? Antes a gente tinha duas opções, agora tem uma e chamam isso de proteção?
    Piada.

    Responder

  3. Posted by Lorenza Feitosa on dezembro 3, 2012 at 0:37

    Algum produto da sadia pode até ser 100% vegetal,mas NUNCA será vegano,pois a sadia é uma das marcas mais sangrentas que existe.

    Responder

  4. Sinceramente, a retirada destes produtos do mercado em nada interferem na concorrência, uma vez que somente a perdigão os produzia. Palhaçada.

    Responder

  5. Posted by Annehke on janeiro 20, 2013 at 1:50

    Olá gente, vamos mandar uma onda de mensagens, um maremoto mesmo,
    para Perdigão, pedindo a salsicha vegetal de volta.
    Vamos sugerir em cada site e blog e chat pra fazer isso, e a gente consegue!

    Gostei muito deste produto, meu esposo também.

    um abração, Annehke

    Responder

  6. […] logo após me dar conta dessa notícia desesperadora, eu havia entrado em contato com a Perdigão que informou que num futuro próximo (nebuloso) “o Hamburguer Vegetal […]

    Responder

  7. […] 4 Esclarecimentos da Perdigão sobre a linha de produtos vegetais 4 COMENTÁRIOS agosto 2012 […]

    Responder

  8. Posted by Luziaria Melo on fevereiro 16, 2013 at 18:16

    Gostariamos de solicitar a quem de direito, que providencie junto a Perdigão/Sadia que voltem a produzir e vender a salsicha vegetal imediatamente, e não em um futuro incerto e não sabido.
    Atenciosamente,
    Luziaria

    Responder

  9. Posted by Annehke on fevereiro 16, 2013 at 19:21

    Mandei 4 mensagems, faz 4 semanas, eu acho. Nenhum retorno ainda.

    Responder

  10. Já deixei de comer carne há 4 anos, mas ainda não sou vegana. Gostaria de saber o que acham dos produtos da Goshen, ainda não os provei, mas tem opções para veganos.

    Responder

  11. Posted by Marcia on junho 23, 2013 at 18:39

    É uma pena mesmo. Há tempos utilizava essa salsicha em tortas, cachorro quente, sem contar o tempero que ela tinha. Também entrei em contato com a Perdigão e recebi a mesma resposta. O hamburguer deles de soja não é bom. Porque retirar um produto do mercado tão apreciado?

    Responder

  12. Posted by priscila nutri on julho 8, 2013 at 13:14

    Estou indignada que aqui onde moro noa tenho mais opçoes. O hamburguer da sadia me da azia. Cheio de quimica. O da perdigão não tinha quimica e era muito mais saboroso e a consistência era melhor.,Agora nao sei se essa nova versão da perdigão continua a mesma de antes

    Responder

  13. Sou vegetariana há mais de 20 anos. Eu amava essa salsicha, a única decente que já encontrei (a da superbom é ruim demais!). De repente sumiu. Procure por toda parte até descobrir que tinha parado de ser produzida. Acho que vale à pena tentarmos pedir até eles mudarem de ideia. Não custa tentar, né?😉

    Responder

  14. Posted by Alexandre on setembro 22, 2013 at 22:31

    Sou ovo-lacto-vegetariano, e de boa concordo com o ponto de vista do funcionário da antiga Perdigão. Nos vivemos num mundo captalista, se os hambúrgues de Soja e Salsicha de soja vendessem bem eles iriam comercializa-los, só que não vendem. Tenho essa opção não por saúde e sim porque compato com parte das idéias *Vegan*. Mais sejamos realista a empresa não vai tomar prejuízo para agradar a alguns da sociedade.

    Em outros países pessoas como nós se juntam para formar uma empresa que comercialize esses produtos(que diga-se de passagem se tivesse mais opções penso que seria totalmente vegetariano), outra opção que nós restaria era se juntar em uma espécie de corporação sem fins lucrativos para comprarmos em massa das empresas e redistribuir os produtos direto nas nossas casas(com um sistema de lógistica avaçado, seria como uma associação de produtores dessas já existentes só que de comprador), nesse caso seria muito mais provável que as empresas se disponibilizem à negociar conosco, retomar a produção ou alterar os componentes de forma à adequar-se as nossas exigências.

    Responder

    • Posted by lourdes on outubro 18, 2013 at 23:18

      seria uma otima ideia meus dois filhos me dão muito trabalho pois os dois são vegetariano só comem legumes e verduras e soja texturizadas e adoravão a salsicha e agora ficaram sem . vamos nos juntar

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: