Posts Tagged ‘listas’

O GRANDE GUIA VEGANO – BRASÍLIA 2011

Caríssimas vegetais,

Segue abaixo o apanhado para 2011 de lugares pra se comer veganamente em Brasília. Não irei me alongar nessa introdução, apenas reforço que essa lista é o resultado concreto da nossa rede de contrabando de informações vegan. Desde sempre esse foi e continuará sendo o principal objetivo do Distrito Vegetal. Contudo, antes que todo mundo possa aproveitar, duas observações são importantes:

1) Essa lista se manterá em frequente atualização. Aproveite os comentários para deixar novas sugestões para que o guia cresça monstruosamente e domine Tóquio.

2) Não visitamos todos os lugares que estão na lista. E mais importante, não visitamos as cozinhas de todos lugares listados. Muitos estabelecimentos estão presentes pelas dicas de pessoas que visitam o blog e de informações e perguntas que fizemos pra garçons, balconistas, cozinheiros. Não vejo nenhum problema nisso. Você pode ter o veganismo desconfiado que você quiser, eu prefiro um veganismo que acredita nas pessoas e a princípio não vê motivos para desconfiar das intenções  delas. Isso significa que:

3) Se tem alguma coisa nesta lista que você acha que não é vegan, não seja babaca querendo dar uma de polícia.  Seja bacana e aponte de maneira simpática onde está o problema. Já tem polícia demais nesse mundo, não acham?

Com aquele carinho e disposição de vegetal,
Poney

O GRANDE GUIA VEGANO – BRASÍLIA 2011


lista de lanchonetes com opções veganas

– Sky’s – 106 sul, 716 norte e 312 sul. O veganismo venceu! (hehe) Hamburger, açaí e batata frita. A santíssima trindade da junk food vegan. O rango vegan no Sky’s é uma vitória pessoal do Distrito Vegetal. Uma prova de que a ação direta (ou encher o saco) consegue mudar alguma coisa. Além de tudo isso é o ponto de encontro dxs roqueirxs depois dos shows e o local em que o Joaquim Extremo foi visto pela última vez.

– The Plates – 706 norte – escolhido pelo criterioso Distrito Vegetal como o melhor hamburger vegan do cerrado. Peça o hamburger lá (tem que ser o número 9, esse é vegan) e o milk shake na palazzo.

– Rio Sucos – 210 sul – o hamburger de grão de bico primoroso, vc pode substituir a muzzarela de bufala por várias pastas que não tem derivados animais, tomate seco, beringela e o caraio. os sucos são deliciosos, rola um açaí do juan e uma tortinha vegan de banana. foda, além do mais o atendimento pra quem não come galináceos é muito bom. comida nota 10, preço nota 2, caro pra porra.

– Submore – 115 norte – Agora eles tem um sanduíche vegan de nome “veggie” com pasta de homus e legumes grelhados, batata frita e o Açaí La Nieve (ou “do Juan”), o melhor da cidade. Além disso você pode pedir salada ou montar um sanduíche vegan frio. O foda é que a única pasta sem maionese é uma de ameixa, que deixa tudo com um gosto meio estranho. Confira as resenhas aqui e aqui.

– Kebaara – Finalmente voltamos a ter  falafael nessa cidade. De brinde, batata-frita + atendimento camarada. 408 Norte e 209 Sul. Telefone: 3443-0204.  Leia a resenha.

– KEB –105 Sul, bloco C, 3242-0522. Tem a opção KEB VEgan (mix de cogumelos, bababababababababaganouch, tofu defumado e mix de vegetais). Além disso, tem uma batata assada no forno com 10 especiarias orientais que tb parece muito bom.

– Ômega 3 – 413 norte. O ômega é praqueles dia sque você quer comer bem. O preço não é dos mais agradáveis, mas lá tem escondidinho de shimeji, sanduíche vegan de cogumelos, leite de castanha, açaí, torta de banana integral, delícia de morango, creme de abacate… ufa! Sem contar que o pessoal lá é super simpático ao veganismo e fizeram até uma semana sobre o tema em 2010.

– Estação do Guaraná – 106 Sul – Salada, Açaí, Batata Frita, arroz com brocólis. Antes eles tinham um delicioso Wrap Veggie com abobrinha, mas acho que saiu do cardápio.

– Marietta – 103 sul, 214 norte, 210 sul, qi 09 lago, terraço shopping, iguatemi, park shopping, casa park, conjunto nacional.  rola uma salada daquelas de montar, mas muito bem feitinha mesmo, deliciosa, porém cara. No marieta café também dá pra pedir o sanduíche de shitake e pedir pra tocar o queijo por abobrinha. bacana é o energético (açaí e mate) só tem que pedir pra vir sem leite.

– Cornhills – 202 sul – tem opção de cafés com leite de soja. Além do famoso Café Jacu, cujos especialistas ainda divergem se é iguaria vegana ou não. Fizemos uma resenha.

– Temakerias – tem uma porrada espalhada pelo Plano. o lance é pedir um cone de shitake e uma sopinha de tofu. Rola um espetinho de cogumelo com cebola também. Peça sempre pra fazerem seu cogumelo no azeite e não na manteiga. Na 214 norte, tem o Japs com temaki com alho poró frisado! Resenha.

– Habib’s – 506 Norte – Homus com Batata Frita. O pão é vegano sim, porra. Se você for corojosa, também dá pra pedir a esfiha de espinafre sem o queijo.

– Green’s – 303 norte e 202 sul – o green’s não é muito legal pra almoçar se você é vegan. Mas o jantar tá caprichado. Além dos caldos, tem mais de um sanduíche quente com tofu que é uma delícia.

– Balaio – 201 N – tem um sanduíche de shitake muito gostoso e umas coisas lá podem ser feitas com leite de soja (capuccino, etc).

– Acarajé – Torre de TV – com vatapá (sem camarão) e saladinha. 4 conto; tem também na entrada da feira do paraguai (delicioso) e na praça do DI.

– Pastel de Palmito – Feira do Guará – gostoso até pra quem não gosta de palmito, pra quem curte caldo de cana é uma boa também.

– ilha do pastel – venâncio 2000 e taguatinga shopping, (que tem inclusive prato feito vegan) tem o palmito, palmilho, soja, sojamilho… além da sensacional limonada suíça, a melhor do mundo.

– pastel de vento – 407 – monte o seu pastel vegan e peça um açaí.

– empada carioca – 304 do sudoeste, shopping de águas claras, 215 norte, 307 sul, conjunto nacional – ligue antes e peça pra não passarem ovo na empada integral de legumes.

– burger gourmet – 412 norte- Hamburger vegan com buffet de saladas. Também rola um chile veggie e sem contar que o gringo já apoiou dois shows de hardcore na cidade. É mole ou quer mais?

o (sobre) Natural, UnB, que tem torta de berinjela  e quibe de soja: os dois veganos. Fica no subsolo ao lado dos CA’s de História, Filosofia e Geografia. Confira a resenha.

– Bistrô Bom Demais – no CCBB: tem sopa por 10 reais  de abóbora e gengibre, batata e alho-poró e creme de coentros, sanduíche de homus, berinjela, shitake e pimentão por R$13 e risotos, por R$22 a 24, que podem ser veganizados E mais uma vez, no sobremesa for you, vegan!- T’Açaíndo – Pão de Açúcar do Lago Norte. Talvez o melhor açaí da cidade. Dá pra pedir uma batata frita ali no Giraffas pra complementar. 

– Quituart – QI 9 do lago norte – tem uma tendinha árabe lá e tem o sushi vegan, dá pra pedir o famigerado barquinho de soja.  

– Sabor Café – SBN – tem açaí da La Nieve e dá pra pedir tapioca com azeite. Um bom quebra-galho pra quem trabalha na região.

– Martinica Café – 303 norte –  Pelo que dizem o creme de abóbora é vegan.

Fast Nature – 313 norte – tem açaí e rola de pedir vitaminas com leite de soja.

Bendito Suco – 413 norte – tem açaí, muitos sucos deliciosos e rola de pedir vitaminas com leite de soja.

– Nazareth café – Setor de Radio e TV Sul – Multiempresarial Bloco O – sanduíches pra montar por R$ 4,80.

Kikebab – 110 Norte Bloco B loja 38 – Kebab de vegetais (com abobrinha e beringela na chapa, acompanhado de salada). Delícia!

lista de restaurantes com opções veganas

– Sabor Vital – 316 norte – Particularmente, o meu favorito. Não é o restaurante vegetariano com mais opções da cidade, mas tampouco servem qualquer tipo de carne. É um restaurante vegetariano relativamente simples. O lance é que cada uma das coisinhas que eles servem é deliciosamente bem-feita. Tem AMOR, sei lá.  Leia a resenha.

– amor a natureza – 311 norte – restaurante vegetariano com opções veganas. Cuidado! A feijoada não é vegan.

boa saúde – 702 norte Bl.D Loja 128 – Melhor bife de gluten da cidade. Preço camarada e folgas aos sábados.

chilli pepper – 214 Norte – Rango Mexicano que você pode pedir tudo sem carne e/ou derivados de animais. Confira a resenha.

fogão chinês – 402 norte, bloco E – comida chinesa. self-service no almoço todos os dias, tele entrega e não fecha a tarde. 33270064 ou 32017283. Também tem rolinho sem carne!

girassol– 409 sul- restaurante e pequeno empório de coisas naturebas com  opções veganas. As noites rola um rodízio de sopa muito gostoso, com opções, com menos de 7 reais você come o tanto de sopa que agüentar. Um dos melhores vegetarianos da cidade. Leia a resenha.

greens – 303 norte – A salada é deliciosa mas não é sempre que tem alguma coisa vegan interessante. Um dos destaques é o acarajé de soja com vatapá de abobora lá, delícia. O chato é que tem muita carne, de avestruz e outras coisas desagradáveis.

manara – 706 norte – agora funciona na hora do almoço apenas: tem falafel, hommus e babaganuche. Segundo um amigo, dá pra encomendar esfirra de chicória.

Natureto – 405 norte – Bem parecido como greens. Costuma ter mais opções vegan. Uma coisa muito legal é que discriminam tudo que tem derivados. Se você estiver na pegada sopa, rola uma sopa com umas pastas a noite. o da 403 sul tem rodízio de massas.

terra viva – 202 norte – restaurante vegetariano e pizzaria. Muitas coisas com queijo, entretanto.

– rei do Glúten – 411 sul – restaurante vegetariano.

– Quinoa – SRTVS – restaurante vegetariano. Uma boa opção pra quem trabalha por ali.

– flor de lótus – 102 norte – muito gostoso. Algumas coisas tem carne, nada tem leite. Bastant caro, mas muito agradável. Destaque pro nhame palha, que bela invenção.

– El Paso Texas – 404 sul – nos dias de bufê (quarta e quinta à noite, sábado e domingo no almoço) dá pra comer nachos com guacamole, salsa roja e bean dip (peço este sem queijo), além disso, peço para eles fazerem chimichangas sem queijo (só com cenoura) e tacos só com salada, aí eu você  tacafeijão e guacamole dentro do taco.

–  Pequim – 405 Norte – além de ser o melhor chinês na cidade (sugerido por alguém da linhagem e bastante exigente, hehe), também tem algumas opções muito gostosas e relativamente acessíveis. Lá tem o melhor rolinho primavera (só tem uma opção: de verduras), além de pratos ótimos à base de tofu.

– A Tribo – 105 norte – nãoé estritamente vegetariano, mas possui uma coisa legal que é ter opções veganas de comida bem brasileira, como macaxeira e jerimum.

Empório Árabe Restaurante – Avenida das Castanheiras 1060, Loja 24 – Edificio Vila Mall – Águas Claras – Telefone: (61) 3436 0063 – rola um falafel supimpa.

lista de pizzaria com opções veganas

pizza é sempre um assunto delicado quando se trata de alimentação livre de galináceos*. massa com molho e folha não é exatamente uma delícia da culinária vegana, mas se algum dia te convidarem pra comer uma pizza no aniversário de alguém, talvez seja bacana você recomendar os seguintes lugares**:

– pianino, 411 sul. peça sem queijo e aguente a cara de espanto do garçom. sabores com cogumelos, tomate seco e abobrinha ajudam a suprir a falta do queijo. não é nenhuma maravilha, mas chega de veganismo triste né? hehe.

– dona lenha, 201 sul, terraço shopping. tem uma pizza de 3 cogumelos (shitake, shimeji e cogumelo paris, se não me engano) que dá pra pedir sem o queijo e é uma delícia. o preço é salgadinho.

terra viva, na 202 norte, que tem pizza vegana. Eles cobram 18 pilas, não entregam e fecham pouco depois das 20 hras. Mas a pizza é bem gostosa e você escolhe o sabor.  (sugestão do André)

pizza a bessa, quadra 103 sudoeste, opções veganas se você customizar. Cogumelos e berinjela são sempre uma boa pedida.

– naturetto família, 403 sul,  você pode montar suas pizzas com tofu. Capriche no sal e no catchup e peçam pra não terem dó no shitake.

francesca pizzaria artesanal: Condomínio Quintas do Alvorada – QI 27 – Lago Sul. Telefone: (61) 3367-3367 e 8428-5507. Tem pizza vegana.  E o nome da pizza é esse, ou seja, eles sabem o que é vegano. Dêem uma olhada no site e vejam como eles explicam direitinho que a massa da pizza não tem ingredientes de origem animal: http://www.francesca.com.br/cardapio.htm. E, além disso, tem pizza de chocolate sem leite. Sim, podem chorar de alegria.

*gíria marota importada do Ceará para se referir aos derivados animais: leite, ovo, etc.

** um detalhe importante:  massa de pizza boa não leva leite nem ovo na massa, mesmo que o recheio seja de calabreza.

lista de sorveterias com opções veganas

– Palazzo – 706 norte. Um absurdo o chocolate de soja dos caras, um negócio absurdamente sensacional. E sem aquele gostinho reminiscente de Ades! Oh, glória. ainda fazem milk shake e tem uns outros dois sabores sem leite. Mas aí, experimenta mesmo é o de chocolate. Confira a resenha.

– Palato – 309 norte – tem uma série de sorvetes vegan, daquele tipo “neve”, como dizem os argentinos.  sorvetes de fruta e tal.

– Sorbê – 404 norte, 211 sul – rola uns sorvetes artesanais vegan de umas coisas estranhas tipo Buriti e de umas coisas mais legais, tipo amora. Tem um sorvete muito foda de chocosoja (mas tá em extinção), tem um de canela com linhaça que parece sorvete de flocos e também um de morango a base de leite de soja. a-ni-mal. sensacional pra quem tá cansadx de fazer os próprios sorvetes. o preço é que não é muito camarada.

Napolitá – 311 norte – tem a opção de sorvete sem lactose e tem até site.

Torteria di Lorenza – 214 e 115 norteaparentemente, em 2 sabores de sorvetes sem leite, Morango e Açaí.

lista de empórios e vendinhas

botica lá no conic, que é muito bacana, tem muita variedade e o preço não é ruim. dá pra achar sempre o doce de leite horroroso de soja. hehe.

mundo verde (meio fajuto pra quem conhece os mundos verdes por ai, mas que tem melhorado) no conjunto nacional, ali atrás do burger king, na praça de alimentação. lá da pra achar o levedo de cerveja em flocos, importantíssimo pra fazer veganrela.

pão do alemão – 213 norte – padaria com uns pães integrais especiais totalmente vegans.

– empório bem estar – 113 norte – vendinha de suplementos e alimentos naturais.

vita zen – 716 norte – lojinha que você encontra, entre outras delícias, leites vegetais. Lá eles vendem um creme vegano de avelã com cacau (tipo Nutella) da marca La Finestra

mel do sol – 403 norte – além de ser da família do tubarões, tem uma série de biscoitos integrais leites vegetais e alimentos sem galináceos. se você é vegan que come mel, ainda pode achar uns biscoitinhos maneiros.

Além disso vários restaurantes vegetarianos costumam disponibilizar prateleiras para produtos vegan. Dá pra achar um monte de coisa legal no Amor à natureza (310 norte), Girassol (409 sul), Boa Saúde (Radiocenter), etc.

Anúncios

A primeira tarefa do ano

Bem, a gente começa 2011 com uma grande missão de recapitulação. Pra quem não lembra, foi assim que o DV começou, em maio de 2009. Uma compilação de locais para se comer veganamente em Brasa City. Aqui você pode acessar nossas listas originais: https://distritovegetal.wordpress.com/tag/listas/

Algum tempo se passou, infelizmente, vários lugares listados fecharam, mas vários outros abriram também. Com a participação intensa de investigadorxs esfomeadxs, a ideia  original desse blog se concretizou de um jeito muito mais bacana do que poderia imaginar quando começamos: conseguimos realmente criar uma rede de troca de dicas e ajuda mútua sobre comida vegan na cidade.

Agora está na hora da gente refazer essa lista.

Por favor, se você conhece algum estabelecimento com opções veganas (mesmo que as mais fuleiras imagináveis) envie as informações pro meu email (poneteo@gmail.com) pra que assim a gente consiga compilar o maior número de lugares possível.

Tenho certeza que uma lista mais completa ajuda muita gente. Desde vegans preguiçosos e acomodados (que nem eu) até pessoas que estão aproveitando o começo de um novo ano pra repensar suas posturas éticas na hora de se alimentar.

Só pra terminar, gostaria de agradecer todo mundo que continua entrando no blog. O wordpress mandou as estatísticas do DV no ano de 2010 e eu fiquei bastante impressionado com o número de pessoas que perde o tempo com isso daqui. Valeu mesmo.

Um feliz ano novo vegetal pra todo mundo que acompanha o blog.
Muito tofu defumado são os votos das nossas barrigas para as suas barrigas.

listas atualizadas!

se minhas contas estão certas, já contamos com 47 estabelecimentos listados aqui no Distrito Vegetal. confira e continue mandando sugestões:

lista de pizzaria com opções veganas

lista de empórios e vendinhas

lista de sorveterias com opções veganas

lista de lanchonetes com opções veganas

lista de restaurantes com opções veganas

ps: obrigado a todo mundo que entra e divulga isso aqui, obrigado mesmo! como forma de agradecimento, gostaria de partilhar com vocês as 10 comidas vegans com cara de cocô. hehe.

lista de pizzaria com opções veganas

pizza é sempre um assunto delicado quando se trata de alimentação livre de galináceos*. massa com molho e folha não é exatamente uma delícia da culinária vegana, mas se algum dia te convidarem pra comer uma pizza no aniversário de alguém, talvez seja bacana você recomendar os seguintes lugares**:

– pianino, 411 sul. peça sem queijo e aguente a cara de espanto do garçom. sabores com cogumelos, tomate seco e abobrinha ajudam a suprir a falta do queijo. não é nenhuma maravilha, mas chega de veganismo triste né? hehe.

– dona lenha, 210 norte, 201 sul, terraço shopping. tem uma pizza de 3 cogumelos (shitake, shimeji e cogumelo paris, se não me engano) que dá pra pedir sem o queijo e é uma delícia. o preço é salgadinho.

terra viva, na 202 norte, que tem pizza vegana. Eles cobram 18 pilas, não entregam e fecham pouco depois das 20 hras. Mas a pizza é bem gostosa e você escolhe o sabor.  (sugestão do André)

pizza a bessa, quadra 103 sudoeste, também tem várias opções veganas. (sugestão do Stenio)

– naturetto família, 403 sul,  tem umas duas opções de pizza com tofu, supostamente vegan. (sugestão do Leandro)

*gíria marota importada do Ceará para se referir aos derivados animais: leite, ovo, etc.
**todas as listas aqui estão em constante e eterna atualização. deixe sua sugestão!

lista de empórios e vendinhas

Empórios:

botica lá no conic, que é muito bacana, tem muita variedade e o preço não é ruim. dá pra achar sempre o doce de leite horroroso de soja. hehehehehe

mundo verde (meio fajuto pra quem conhece os mundos verdes por ai, mas que tem melhorado) no conjunto nacional, ali atrás do burger king, na praça de alimentação. lá da pra achar o levedo de cerveja em flocos, importantíssimo pra fazer veganrela. =)

– tem também a feirinha de orgânicos na unb ceubinho as terças e quintas, de vez enquando tem tofu temperado lá, muito gostoso e barato.

pão do alemão – 213 norte – padaria com uns pães integrais especiais totalmente vegans.

lista de sorveterias com opções veganas

Sorvetes:

– Palato – 309 norte – tem uma série de sorvetes vegan, daquele tipo “neve”, como dizem os argentinos.  sorvetes de fruta e tal.

– Sorbê – 404 norte, 211 sul – rola uns sorvetes artesanais vegan de umas coisas estranhas tipo Buriti e de umas coisas mais legais, tipo amora. Tem um sorvete muito foda de chocosoja, tem um de canela com linhaça que parece sorvete de flocos e também um de morango a base de leite de soja. a-ni-mal. sensacional pra quem tá cansadx de fazer os próprios sorvetes. o preço é que não é muito camarada.

lista de lanchonetes com opções veganas

– Rio Sucos – 210 sul – o hamburger de grão de bico primoroso, vc pode substituir a muzzarela de bufala por várias pastas que não tem derivados animais, tomate seco, beringela e o caraio. os sucos são deliciosos, rola um açaí do juan e uma tortinha vegan de banana. foda, além do mais o atendimento pra quem não come galináceos é muito bom. comida nota 10, preço nota 2, caro pra porra.

– Submore – 115 norte – Além da salada rola de você montar um sanduíche vegan frio. O foda é que a única pasta sem maionese é uma de ameixa, que deixa tudo com um gosto meio estranho.

– Estação do Guaraná – 106 Sul – Salada, Açaí, Batata Frita e um delicioso Wrap Veggie com abobrinha.

– Marieta –  rola uma salada daquelas de montar, mas muito bem feitinha mesmo, deliciosa, porém cara. o bacana é o energético (açaí e mate) só tem que pedir pra vir sem leite.

– Cornhills – 202 sul – tem opção de cafés com leite de soja. Além do famoso Café Jacu, cujos especialistas ainda divergem se é iguaria vegana ou não.

– Temakerias – tem uma porrada espalhada pelo Plano. o lance é pedir um cone de shitake e uma sopinha de tofu. rola um espetinho de cogumelo com cebola também. Na 214 norte, tem o Japs com temaki com alho poró frisado!

– Cabíria Café – 413 norte – além de ter sessão de cinema de graça todo dia, tem um sanduíche “Priscilla” vegano. Com pasta de tofu, abacaxi em conserva, palmito, rucula e outras coisas estranhas. Tem também uns drinks strinlegs (eu prefiro coca) e um café espresso gostosão.

– Habib’s – 506 Norte, 408 sul – Homus com Batata Frita. O pão é vegano sim.

– Balaio – 201 N – tem um sanduíche de shitake muito gostoso e umas coisas lá podem ser feitas com leite de soja (capuccino, etc).

– Acarajé – Torre de TV – com vatapá (sem camarão) e saladinha. 4 conto; tem também na entrada da feira do paraguai (delicioso) e na praça do DI.

– Pastel de Palmito – Feira do Guará – gostoso até pra quem não gosta de palmito, pra quem curte caldo de cana é uma boa também.

– ilha do pastel – venâncio 2000, (que tem inclusive prato feito vegan) tem o palmito, palmilho, soja, sojamilho… além da sensacional limonada suíça, a melhor do mundo.

– pastel de vento – 407 – monte o seu pastel vegan e peça um açaí.

– empada carioca – 215 norte, taguá e aguas claras – ligue antes e peça pra não passarem ovo na empada integral de legumes. Delicia vegan, delícia mesmo.

– burger gourmet – 412 norte- onde você consegue comer hamburger vegan com batata chips, picles e guacamole por menos de 10 reais? ou melhor, 8 reais?

o (sobre) Natural, que tem torta de berinjela  e quibe de soja: os dois veganos. Fica no subsolo ao lado dos CA’s de História, Filosofia e Geografia. (sugestão do André)

–  genaro – 114 norte – delicioso e caro hamburger vegano. confira a resenha.

– Bistrô Bom Demais – no CCBB: tem sopa por 10 reais (que, apesar de estar escrito no cardápio que é feito com caldo de frango, agora é feito com caldo de legumes) de abóbora e gengibre, batata e alho-poró e creme de coentros, sanduíche de homus, berinjela, shitake e pimentão por R$13 e risotos, por R$22 a 24, que podem ser veganizados (pedir sem manteiga e sem queijo): primavera (abobrinha, tomate e berinjela), três tomates (fresco, confit e seco) e funghi (pedir este também sem carne e com mais funghi). Aguardamos ansiosamente pela promessa de incluir opção de leite de soja nos cafés. Aliás, não deixem de pedir o café grego (gelado), mas com POUCO limão. E mais uma vez, no sobremesa for you, vegano! (sugestão da Marina)