Posts Tagged ‘vegan’

nova seção: Distrito Vegetal – Aventuras de Avental

article-2080050-0EEA076400000578-177_470x500

Começamos nessa segunda-feira uma nova seção do Distrito Vegetal: Aventuras de Avental.

Convidei a Drika, uma doceira vegan de mão cheia, pra contribuir com receitas de delícias veganas. Acho que é legal para dar uma variada no conteúdo do blog, mas mais do que isso, permitir o contrabando de informações e dicas sobre veganismo (pedra fundamental das nossas intenções por aqui), promover a autonomia alimentar e ajudar a ressignificar nossa relação com a comida, com a cozinha. Duas coisas que tem tudo a ver com veganismo.

Pra estrear a seção, uma receita simples e deliciosa de panquecas vegans. Espero que curtam.

525338_563904430300438_920944704_n

Panquecas Americanas Veganas

por Adriany Nascimento

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo, 3 colheres de sopa de açúcar, 3 colheres de sopa de fermento, 1 colher de chá de sal, 2 xícaras de leite vegetal (de todas as possibilidades, o leite de aveia é o que faz a massa ficar melhor!), 3 colheres de sopa de óleo e 1 colher de chá de extrato de baunilha

Como fazer:
mistura primeiro todos os ingredientes secos, menos o fermento, e depois todos os ingredientes líquidos. mas tem que misturar direitiho, sem deixar bolha e etc. por último você coloca o fermento e mistura por uns 2/3 minutos pra dar uma “encorpada”(entre aspas pq o normal dela é ficar bem líquida mesmo, ainda mais se vc usar o leite de aveia).

Dicas Importantes:
pra fazer TEM que ser numa frigideira anti-aderente! você coloca uma colher de sopa cheia da massa (eu faço assim, mas se vc quiser ela mais gordinha é só colocar mais massa), espera ela crecer um pouquinho e vai prestando atenção na bordas, quando elas tiverem mais sequinhas, mais escuras, é a hora de virar pra cozinhar o outro lado. o tempo de cozinhar depende da sua frigideira, né. se liga se ela não esquenta muito rápido pra não deixar queimar! e quanto mais vc faz, mais quente fica a frigideira e mais rápido ela cozinha.

também rola de colocar frutinhas no meio, é só escolher a fruta que vc achar melhor e colocar um pouquinho depois de jogar a massa na frigideira.

listas atualizadas!

se minhas contas estão certas, já contamos com 47 estabelecimentos listados aqui no Distrito Vegetal. confira e continue mandando sugestões:

lista de pizzaria com opções veganas

lista de empórios e vendinhas

lista de sorveterias com opções veganas

lista de lanchonetes com opções veganas

lista de restaurantes com opções veganas

ps: obrigado a todo mundo que entra e divulga isso aqui, obrigado mesmo! como forma de agradecimento, gostaria de partilhar com vocês as 10 comidas vegans com cara de cocô. hehe.

lista de pizzaria com opções veganas

pizza é sempre um assunto delicado quando se trata de alimentação livre de galináceos*. massa com molho e folha não é exatamente uma delícia da culinária vegana, mas se algum dia te convidarem pra comer uma pizza no aniversário de alguém, talvez seja bacana você recomendar os seguintes lugares**:

– pianino, 411 sul. peça sem queijo e aguente a cara de espanto do garçom. sabores com cogumelos, tomate seco e abobrinha ajudam a suprir a falta do queijo. não é nenhuma maravilha, mas chega de veganismo triste né? hehe.

– dona lenha, 210 norte, 201 sul, terraço shopping. tem uma pizza de 3 cogumelos (shitake, shimeji e cogumelo paris, se não me engano) que dá pra pedir sem o queijo e é uma delícia. o preço é salgadinho.

terra viva, na 202 norte, que tem pizza vegana. Eles cobram 18 pilas, não entregam e fecham pouco depois das 20 hras. Mas a pizza é bem gostosa e você escolhe o sabor.  (sugestão do André)

pizza a bessa, quadra 103 sudoeste, também tem várias opções veganas. (sugestão do Stenio)

– naturetto família, 403 sul,  tem umas duas opções de pizza com tofu, supostamente vegan. (sugestão do Leandro)

*gíria marota importada do Ceará para se referir aos derivados animais: leite, ovo, etc.
**todas as listas aqui estão em constante e eterna atualização. deixe sua sugestão!

lista de empórios e vendinhas

Empórios:

botica lá no conic, que é muito bacana, tem muita variedade e o preço não é ruim. dá pra achar sempre o doce de leite horroroso de soja. hehehehehe

mundo verde (meio fajuto pra quem conhece os mundos verdes por ai, mas que tem melhorado) no conjunto nacional, ali atrás do burger king, na praça de alimentação. lá da pra achar o levedo de cerveja em flocos, importantíssimo pra fazer veganrela. =)

– tem também a feirinha de orgânicos na unb ceubinho as terças e quintas, de vez enquando tem tofu temperado lá, muito gostoso e barato.

pão do alemão – 213 norte – padaria com uns pães integrais especiais totalmente vegans.

lista de sorveterias com opções veganas

Sorvetes:

– Palato – 309 norte – tem uma série de sorvetes vegan, daquele tipo “neve”, como dizem os argentinos.  sorvetes de fruta e tal.

– Sorbê – 404 norte, 211 sul – rola uns sorvetes artesanais vegan de umas coisas estranhas tipo Buriti e de umas coisas mais legais, tipo amora. Tem um sorvete muito foda de chocosoja, tem um de canela com linhaça que parece sorvete de flocos e também um de morango a base de leite de soja. a-ni-mal. sensacional pra quem tá cansadx de fazer os próprios sorvetes. o preço é que não é muito camarada.

lista de lanchonetes com opções veganas

– Rio Sucos – 210 sul – o hamburger de grão de bico primoroso, vc pode substituir a muzzarela de bufala por várias pastas que não tem derivados animais, tomate seco, beringela e o caraio. os sucos são deliciosos, rola um açaí do juan e uma tortinha vegan de banana. foda, além do mais o atendimento pra quem não come galináceos é muito bom. comida nota 10, preço nota 2, caro pra porra.

– Submore – 115 norte – Além da salada rola de você montar um sanduíche vegan frio. O foda é que a única pasta sem maionese é uma de ameixa, que deixa tudo com um gosto meio estranho.

– Estação do Guaraná – 106 Sul – Salada, Açaí, Batata Frita e um delicioso Wrap Veggie com abobrinha.

– Marieta –  rola uma salada daquelas de montar, mas muito bem feitinha mesmo, deliciosa, porém cara. o bacana é o energético (açaí e mate) só tem que pedir pra vir sem leite.

– Cornhills – 202 sul – tem opção de cafés com leite de soja. Além do famoso Café Jacu, cujos especialistas ainda divergem se é iguaria vegana ou não.

– Temakerias – tem uma porrada espalhada pelo Plano. o lance é pedir um cone de shitake e uma sopinha de tofu. rola um espetinho de cogumelo com cebola também. Na 214 norte, tem o Japs com temaki com alho poró frisado!

– Cabíria Café – 413 norte – além de ter sessão de cinema de graça todo dia, tem um sanduíche “Priscilla” vegano. Com pasta de tofu, abacaxi em conserva, palmito, rucula e outras coisas estranhas. Tem também uns drinks strinlegs (eu prefiro coca) e um café espresso gostosão.

– Habib’s – 506 Norte, 408 sul – Homus com Batata Frita. O pão é vegano sim.

– Balaio – 201 N – tem um sanduíche de shitake muito gostoso e umas coisas lá podem ser feitas com leite de soja (capuccino, etc).

– Acarajé – Torre de TV – com vatapá (sem camarão) e saladinha. 4 conto; tem também na entrada da feira do paraguai (delicioso) e na praça do DI.

– Pastel de Palmito – Feira do Guará – gostoso até pra quem não gosta de palmito, pra quem curte caldo de cana é uma boa também.

– ilha do pastel – venâncio 2000, (que tem inclusive prato feito vegan) tem o palmito, palmilho, soja, sojamilho… além da sensacional limonada suíça, a melhor do mundo.

– pastel de vento – 407 – monte o seu pastel vegan e peça um açaí.

– empada carioca – 215 norte, taguá e aguas claras – ligue antes e peça pra não passarem ovo na empada integral de legumes. Delicia vegan, delícia mesmo.

– burger gourmet – 412 norte- onde você consegue comer hamburger vegan com batata chips, picles e guacamole por menos de 10 reais? ou melhor, 8 reais?

o (sobre) Natural, que tem torta de berinjela  e quibe de soja: os dois veganos. Fica no subsolo ao lado dos CA’s de História, Filosofia e Geografia. (sugestão do André)

–  genaro – 114 norte – delicioso e caro hamburger vegano. confira a resenha.

– Bistrô Bom Demais – no CCBB: tem sopa por 10 reais (que, apesar de estar escrito no cardápio que é feito com caldo de frango, agora é feito com caldo de legumes) de abóbora e gengibre, batata e alho-poró e creme de coentros, sanduíche de homus, berinjela, shitake e pimentão por R$13 e risotos, por R$22 a 24, que podem ser veganizados (pedir sem manteiga e sem queijo): primavera (abobrinha, tomate e berinjela), três tomates (fresco, confit e seco) e funghi (pedir este também sem carne e com mais funghi). Aguardamos ansiosamente pela promessa de incluir opção de leite de soja nos cafés. Aliás, não deixem de pedir o café grego (gelado), mas com POUCO limão. E mais uma vez, no sobremesa for you, vegano! (sugestão da Marina)

lista de restaurantes com opções veganas

Amor a natureza – 311 norte – restaurante vegetariano com opções veganas.

Boa Saúde – 702 norte Bl.D Loja 128 – Tá 20,90 o quilo, entao com uns 10 e pouco dá pra comer razoavelmente bem…

Chilli Pepper – 214 Norte – Rango Mexicano que você pode pedir tudo sem carne e/ou derivados de animais (também conhecidos pelo nome genérico “galináceos” hehehehehe).

fogão chinês – 402 norte, bloco E – comida chinesa. self-service no almoço todos os dias, tele entrega e não fecha a tarde. 33270064 ou 32017283. Também tem rolinho sem carne!

girassol– 409 sul- restaurante e pequeno empório de coisas naturebas com  opções veganas. As noites rola um rodízio de sopa muito gostoso, com opções, com menos de 7 reais você come o tanto de sopa que agüentar.

greens – 303 norte – saladas deliciosas e sempre te alguma coisa vegan interessante. essa semana comi um acarajé de soja com vatapá de abobora lá, delícia. cuidado, preço salgado.

Mangute – CLN 203 Bl D lj 53 (fundos) – Um local agradável para as pessoas desfrutarem de boa comida, ambiente sereno e a companhia de amigos. http://mangute.blogspot.com/ eles ainda mandam o cardápio por email ressaltando quais pratos são vegans. animal!!!

Manara – 706 norte – funciona na hora do almoço apenas: sanduíche de falafel, hommus e babaganuche.

Natureto – 405 norte – mesmo esquema do greens. Discriminam tudo que tem derivados. Se você estiver na pegada sopa, rola uma sopa com umas pastas a noite. o da 403 sul tem rodízio de massas.

Xangai – 408 norte – Comida Chinesa, tem macarrão e tofu. o primeiro restaurante chinês que eu encontrei com rolinho primavera sem carne.

terra viva – 202 norte – restaurante vegetariano (sugestão da Marina)

– rei do Glúten – 411 sul – restaurante vegetariano (sugestão da Marina)

– Quinoa – SRTVS – restaurante vegetariano (sugestão da Marina)

– El Paso Texas – 404 sul – é uma delícia, gosto de ir lá nos dias de bufê (quarta e quinta à noite, sábado e domingo no almoço) pra comer nachos com guacamole, salsa roja e bean dip (peço este sem queijo), além disso, peço para eles fazerem chimichangas sem queijo (só com cenoura) e tacos só com salada, aí eu taco feijão e guacamole dentro do taco.  (sugestão da Marina)

–  Pequim – 405 Norte – além de ser o melhor chinês na cidade (sugerido por alguém da linhagem e bastante exigente, hehehe), também tem algumas opções muito gostosas e relativamente acessíveis. Lá tem o melhor rolinho primavera (só tem uma opção: de verduras), além de pratos ótimos à base de tofu. (Sugestão do Éder)

– China in Box – 110 norte- tem a opção do bifum vegetariano pedindo pra trocar o molho por shoyo apenas.. mas nem acho que vale a pena…  (sugestão do leandro)

– O Nilo – 112 norte – restaurante árabe, tem QUIBE VEGANO!!! O quibe deles é feito sem carne, e aí eles têm as opções de recheio: carne, coalhada e hommus. Bom, nos sobre o quibe com hommus. Além disso, tem porção de hommus, babaganoush, falafel, arroz com lentilha, arroz com tâmaras, saladas.Peçam pela berinjela à moda da casa, que vem com pão sírio torradinho.  O melhor custo-benefício da casa (8 reais), já que os preços são quase um absurdo. (sugestão da marina)

– Naan – 412 sul – restaurante de comida oriental fusion, caro-que-só-a-porra, mas gostoso. Eles indicam no cardápio, com fofos simbolozinhos, o que é vegetariano e o que é vegano (suspeito que isto tenho ocorrido devido a uma interação que tive com o dono), iniciativa pioneira e única em Brasília. Infelizmente, nós veganos nunca poderemos degustar um dos clássicos da casa: os chutneys (espécie de geléia picante), pois o pão (naan, que dá nome ao local) não é vegano. Triste, já que quando eu ainda não era vegana, me esbaldei de comer esse trem. Também não poderemos comer as samosas (pastéis indianos de batata e especiarias, uma das coisas mais gostosas que existem nesse mundo). Ou seja, alguém vai lá por favor e pede pra ele também oferecer outro tipo de pão e pra ele dar um jeito de veganizar essas samosas? Eu já cansei de pedir. Além disso, tem pratos principais como curry de legumes e tofu e gado-gado (calma gentem, não é boi nem vaca). (sugestão da Marina)